50 Itens pra Desapegar Sem Culpa

Uau, quanta coisa acumulamos em nossa casa e em nossas vidas ao longo do tempo… 

Olhe pra sua volta, nesse instante, e você pode facilmente detectar alguma coisa, mesmo que mínima, que está ali e você apenas aceitou esse fato, sem questionar.

As coisas vão tomando espaço, assim, de fininho, sorrateiramente, e quando a gente vai se dar conta… Bagunça! Tralha! Desordem!

Quanto disso tudo se juntou porque “vou guardar, porque vai que um dia eu preciso”?

Ou porque “minha tia querida que me deu, se eu me desfazer disso, será como se eu rejeitasse o sentimento que tenho por ela”

Eu sei, nem sempre é fácil, mas podemos pouco a pouco treinar o desapego e nos “desgarrarmos” de alguns itens.

Por isso, listei 50 itens pra você passar cômodo a cômodo e inspirar o seu desapego!

O destino é você quem escolhe: reaproveitar, reciclar, vender, doar ou, em último caso, descartar no lixo.

Vamos que a lista é loooonga:

 

No quarto:

Meias furadas e sem par

Biquinis esgarçados

Calcinhas e cuecas frouxos

Camisetas velhas

Sapatos velhos ou que te machucam

Sutiãs desgastados ou com bojo deformado

Brincos sem pares

Bolsas pesadas que não sejam práticas

Roupas que não servem mais

Toalhas velhas e ásperas

Cabides quebrados

Brinquedos fora da faixa etária da criança

Roupas de cama puídas 

Roupas usadas apenas para uma ocasião

 

Na sala/escritório:

CDs que você não irá mais ouvir

DVDs que você não irá mais assistir

Eletrônicos antigos

Pilhas usadas

Papéis de presente

Cartões de visita

Cabos que você não sabe para o que serve

Revistas velhas

Papéis velhos

Panfletos de propaganda

Calendários antigos

Agendas usadas

Canetas secas

Bloquinhos repetidos

Brindes sem utilidade

Flores secas

Enfeites e bibelôs lascados/quebrados

 

Na cozinha:

Receitas que você nunca fez e sabe que não irá fazer

Utensílios que não sejam práticos

Panelas muito riscadas ou que grudam comida

Remédios fora do prazo de validade

Potes sem tampa

Talheres tortos

Jogo de louças antigos que você não usa

Louças lascadas e trincadas

Panos rasgados ou desfiando

Esponja velha de pia

Imãs de geladeira com propaganda

 

No banheiro:

Elásticos de cabelo frouxos

Presilhas quebradas e sem dentes

Maquiagens fora do prazo de validade

Cremes e produtos de beleza que causaram alergias

Vidrinhos de esmalte secos

Esponja de banho velhas

Itens de higiene em miniatura repetidos

 

O próximo passo (e muito importante) é armazenar esses itens de forma organizada. Senão, a tralha irá tomar conta e o desânimo em destinar os itens também. Conforme for desapegando, já vai se organizando, ok?

Me conta: quantos itens você conseguiu dar adeus de sua vida e quão leve você se sentiu? 

#OrganizarTransforma

Um grande beijo!

Priscila Sabóia

Sobre Priscila Sabóia

Priscila Sabóia, Personal Organizer Sou organizada desde pequenininha, blogueira, empreendedora, mãe de cachorro, casada e moro no Rio de Janeiro, Brasil.

Comentários

comentários