Reorganize-se para morar sozinho!

Toda mudança de casa requer organização.
Mas, morar sozinho requer também uma reavaliação de hábitos e uma readequação dos planejamentos diários.
Além de afetar na qualidade de vida, o principal aspecto afetado é financeiro!
Quem vai morar sozinho precisa se dedicar ao planejamento pro bolso não sofrer.

Mas, a boa notícia é que se organizando em 3 pilares principais, é possível tirar isso de letra!

Anotar os Custos 

Uma planilha de despesas é fundamental! Uma agenda, uma tabela, um caderninho…
É preciso se organizar financeiramente para ver o “tamanho” da vida que você vai ter. A partir daí, dá pra calcular o custo dessa nova vida: o valor do aluguel, os gastos fixos mensais e se organizar nos pagamentos de contas.
Esse controle pode ser bem básico: colocar no caderninho já resolve muuuito pra sentir o quanto de dinheiro está entrando e saindo.

Planejar as Tarefas Domésticas 

Saber organizar as tarefas domésticas também é fundamental.
Até mesmo porque antes existia com quem dividir ou muitas vezes a pessoa não disponibiliza mais de uma funcionária doméstica.
Separar tarefas que podem ser feitas por frequência diária e semanal. Eu sugiro que seja dedicado 15 minutinhos para fazer as coisas diárias, por exemplo, lavar louça, trocar os lixos. Já as semanais, eu recomendo incluir lavagem dos banheiros e cozinha e passagem de roupas, por exemplo.

Atenção ao Supermercado 

Na hora de fazer as compras, é preciso tomar cuidado!
Muitas vezes a pessoa sai de um cenário em que fazia compras para a família toda, ou não tem nenhuma experiência nessa tarefa, e são nesses dois casos onde o perigo mora.
O desperdício de alimentos (e também financeiro) é iminente nesse caso…
Por isso, é muito importante, de novo, que isso seja colocado no papel.
Faça a famosa listinha, já pensando em seu planejamento de cardápio da semana, e mantenha-se fiel a lista!
Não se distraia, mantenha o foco para não ser seduzido pela diversidade de congelados e tranqueirinhas, que pesam no corpo e no bolso!
Como nesse início é difícil calcular as quantidades, eu recomendo que o mercado seja feito semanalmente, de pouquinho em pouquinho e sempre opte pelas versões menores dos produtos para evitar que estraguem.

Dica de ouro, que vale em qualquer circunstância de vida: jamais vá ao mercado com fome! Vá bem alimentado e siga a lista com foco!

Essas foram as dicas, inclusive, que falei ao vivo pra Patrícia Poeta lá no É De Casa!
Pra rever a matéria completa, que foi super bacana, CLIQUE AQUI E ASSISTA 

Um grande beijo!

Priscila Sabóia

Sobre Priscila Sabóia

Priscila Sabóia, Personal Organizer Sou organizada desde pequenininha, blogueira, empreendedora, mãe de cachorro, casada e moro no Rio de Janeiro, Brasil.

Comentários

comentários