Dica de filme: JOY – um filme para empreendedores

Assisti esse filme 2x só essa semana (por indicação da querida Verônica Cavalcanti)
Um filme que todo empreendedor deveria assistir. E digo mais, toda Personal Organizer também.

Como muitas pessoas pediram para que eu começasse a falar um pouco mais aqui no blog sobre Personal Organizer em geral, então resolvi começar falando logo de empreendedorismo. Porque se tem uma coisa que você se torna ao virar uma Personal Organizer e trabalhar com organização, é empreendedora. Não adianta achar que vai aprender a dobrar tudo lindo e os clientes cairão do céu. O buraco é muito mais embaixo. Então vamos por partes… primeiro vou falar do filme.

Esse filme conta a vida da mulher que revolucionou o mercado de esfregão dos EUA (sim, você leu certo, esfregão, ou MOP) e criou o melhor MOP pensando na praticidade da dona de casa. E como ela fez isso? Colocando a mão na massa. Ao ver que os MOPs vendidos não funcionavam bem, desenvolveu um maravilhoso e fez o primeiro com suas próprias mãos.
Sabe o que ela criou depois? Os queridos cabides de veludo. Acha que ela tá de bobeira?
Pra criar isso ela passou pelos altos e baixos que todo empreendedor passa, quase declarou falência e hipotecou sua casa 2x.


Eu já tinha visto o rosto dela estampado nos produtos das lojas dos EUA, mas não sabia que o filme tratava da história de vida DELA!
Hoje ela tem linhas inteiras de produtos para a casa vendendo em todas as grandes lojas do EUA.

Um filme que me emocionou muito, a cada segundo, pois conta vários detalhes da vida de cada empreendedor que um dia “tem uma ideia e sonha em transformar o mundo com ela”. Ela não se deixou abater, não deixou que zombassem dela porque era mulher, não aceitou ouvir não, botou a cara mesmo com medo, caiu, levantou, cai novamente e venceu. Venceu de uma maneira brilhante.

Indico esse filme para qualquer empreendedor, e principalmente pra qualquer pessoas que pensa em trabalhar como Personal Organizer.

Aliás, você, Personal Organizer, não quero desanimar ninguém não, muito pelo contrário, quero apenas que veja a realidade do empreendedor e se prepare para enfrentar a viagem mais dura e gostosa da sua vida.

Como diria um dos meus exemplos de empreendedorismo na vida, Walt Disney: “Se você pode sonhar, você pode fazer!”.

walt-disney-mickey