Eu vou pro mundo da lua…

Postei dias atrás no facebook, no meu perfil pessoal, um trecho de uma música que mostrava exatamente como eu me sentia naquele momento. A data? o dia em que o ex-presidente Lula “tomava posse” como Ministro.

Leia até o final antes de tirar conclusões, ok?

Escrevi o seguinte >> Trecho da letra da música Astronauta, do Gabriel O Pensador. Ele, como sempre, arrasando nas letras e descrevendo o ser humano como ninguém.
Sim, porque o problema vai muito além do plenário, da câmara, etc… Ele vai se estendendo, se estendendo… Tenho medo dos livros de história que meus filhos vão ler.

astronauta

>>> Por favor, estou apenas escrevendo isso pra dizer o que eu resolvi fazer, porquê e quais as consequências disso. Vou CITAR a questão política aqui mas não vou assumir nenhum partido, nem gostaria que isso aqui virasse uma mesa de debates. Chega, já tem muito ódio lá fora. #maisamorporfavor

Enfim…é tanto blá blá blá pra lá e pra cá que resolvi de fato “me isolar”, como se eu estivesse “no mundo da lua”(que é uma parte que vem logo depois, na mesma música). E isso tem aumentado muito minha produtividade, sabe porque?

Dizem que tudo o que a gente vê a gente reproduz, de uma forma ou de outra. E sinceramente, não quero reproduzir o que vejo nos jornais todos os dias durante as últimas semanas.

A televisão fica desligada a maior parte do tempo (só assisto minha novelinha das 18h no globo.com ou Vídeo Show, e apple tv), não vejo e nem respondo “correntes” e possíveis mensagens com escutas telefônicas que enviam por whatsapp. Na verdade, isso tem me levado a olhar menos vezes por dia o whatsapp, assim como o e-mail.

Ninguém vai morrer se eu não responder o e-mail nas próximas 2h. Tá com pressa? Me liga. E se eu estiver imersa em um projeto que precisa de foco total, até no “modo avião” eu coloco o telefone. Ninguém morreu por causa disso…

E meu maior projeto no momento tem sido incrível. Ele se chama: EU.

Aproveito melhor o meu tempo, tenho mais tempo livre pra fazer coisas que gosto, como ler livros (só nessas 2 últimas semanas atualizei 3 livros que estavam na cabeceira abandonados).

Olha a minha cabeceira como é agora:

IMG_8128

  • Água (hidratação sempre!)
  • Controle da TV e controle da Apple TV (Temos aqui em casa a Apple TV e assinatura do Netflix – com isso temos muito conteúdo disponível na tv, no Netflix e ainda podemos alugar filmes. Está sendo ótimo pois como estou treinando meu inglês, com a Apple TV também jogo qualquer conteúdo do meu computador pra lá, então a Globo.com eu jogo lá. Não tem jeito, adoro Video Show! hahaha)
  • Os livros que estou lendo (Sim, termino um num dia, começo outro no dia seguinte. Adoro ler! Esses livros todos fazem parte de estudos pra vida e pro trabalho).
  • O Ipad, porque tem livros que eu compro no formato digital e aproveito pra sincronizar o bloco de notas onde anoto algumas metas. A próxima inclusive também faz parte do projeto EU.
  • Canetinha pra ir marcando os livros (porque leio e já marco as partes mais importantes para possíveis resenhas depois) 😉
  • Ah, e Nossa Senhora de Fátima que ganhei de presente e fica na cabeceira.

 

Ou seja, nunca estive tão plena, conseguindo fazer as minhas coisas e conseguindo estudar bastante ao mesmo tempo. Esse “refúgio” tem sido bom para ver como eu estava improdutiva: vendo televisão demais (mesmo que estivesse só ali ligada, me desconcentra), lendo pouco, vendo entretenimento demais. estou numa fase em que preciso estudar e fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Principalmente, cuidar de mim.

Às vezes, quando não se pode fazer nada, a melhor coisa é fazer a sua parte, que já é BOM PRA CARAMBA!! Se cada um fizesse a sua, seria tão mais fácil…