Pri de casa nova – Parte 2 (A mudança!)

Eis que chegou o dia da mudança! Sim, ele sempre chega. E por mais que a gente se programe, sempre precisamos fazer umas coisinhas no dia né?

Mas vamos lá, hoje eu vou falar pra vocês tudo sobre o processo da mudança em si. Porque fazer a mudança dos outros é fácil (pelo menos pra mim, que faço isso todo dia) mas fazer a própria mudança não é mole não! Eis que chegou o dia em que contratei uma empresa de mudança e ainda fui minha própria Personal Organizer.

Tudo certo pra se mudar, marcamos a data da mudança, seria dia 15 de agosto. Tínhamos 1 mês pra acertar tudo. A primeira coisa era contratar a empresa de mudança e, como eu já sou calejada nisso, não pensei duas vezes, chamei a Duquerne Mudanças.

Já trabalho com eles há muito tempo, mas sempre do outro lado. Meus clientes contratam muito a Duquerne e eu tô sempre lá, olhando como a pessoa que recebe a mudança, mas nunca como a pessoa que contrata. E hoje eu poderia escrever 5 textos como esses falando sobre como foi maravilhoso!

Nós marcamos a data com eles, o que eles precisavam fazer era ir até a minha casa antiga pra ver a quantidade de coisas, saber exatamente o que levar, quantas caixas, que tipo de embalagem, tudo isso. Sim, porque eles embalam TUDO!! De taças à calcinhas, eles embalam tudo que deve seguir pra casa nova, e ainda tem o cuidado de deixar tudo direitinho na casa antiga (exemplo: tiraram lustres e deixaram  os plafons no lugar pra casa não ficar sem luz, tiraram ar condicionado do buraco da janela e taparam pra não entrar chuva. Eles pensam em tudo!).

A minha mudança era de uma casa de 3 quartos e deu pra embalar tudo em 1 dia e transportar no dia seguinte. Total de 2 dias de mudança. Você tendo mais coisas, é claro que pode mudar o prazo. 

O que eu precisei fazer antes: separar as doações, tirar do caminho tudo que seria doado e marcar bem o que não iria na mudança (algumas coisas que ficavam na casa antiga).

Não deu tempo de comprar alguns móveis novos que queremos pra casa nova, logo tudo que a gente tinha na casa antiga veio pra casa nova. Senão não tinha nem onde sentar! hahaha

O que eu posso dizer da embalagem? Maravilhosa!! Fora que eu ainda estava com as minhas queridas e competentes Personal Organizers da Equipe Fofa e essa mistura de uma boa empresa de mudança + Personal Organizers é bombástica! Não chegou um copo ou taça quebrado, não faltou nada, nada ficou na casa antiga esquecido. Perfeito!!

Dica pra você que vai contratar uma empresa de mudança: peça indicação. Eu realmente só tenho como indicar a Duquerne porque já trabalhei com eles e já vivi na pele como cliente, mas se você for chamar outra, peça indicação. Porque problemas sempre podem acontecer e o mais importante é saber se a empresa é cuidadosa e vai arcar com um problema, caso ele aconteça. Eu já vi a Duquerne gastando mais do que o valor da mudança pra refazer um pedacinho de um móvel que foi danificado ou coisa do tipo. Então problemas sempre podem acontecer, o importante é saber se a empresa é séria. 

A mudança foi relativamente fácil, porque não teve içamento (pra mim mudança complicada é quando tem que içar um móvel pela janela, por exemplo, aí a gente tem um ataque do coração). Tudo entrou pelo elevador e porta mesmo, não tivemos nem que tirar porta de armário, nada. Mas porque foi tão fácil? Porque nós medimos antes. Você precisa ter a medida de tudo que vai passar pelas portas, pelo elevador, pelas escadas, enfim… isso vai fazer você ter menos stress.

Outra coisa importante: todas as caixas fechadas eram etiquetadas com uma cor, essa cor estava no portal de cada quarto ou cômodo da casa nova pra eles colocassem as caixas no cômodo com a cor definida. Caixa azul, cômodo azul. Assim a gente evita ter que ficar abrindo caixa e levando uma coisa do quarto pro banheiro, da sala pro escritório, e assim por diante.

Com a rapidez deles e esse sistema de cores, nós conseguimos finalizar o dia as 22h da noite com quase todas as caixas abertas, ficaram só as caixas de documentos e uma louça de visita pra abrir. E tínhamos tudo posicionado no lugar. Já tinha comida na despensa, louça nos armários, roupa no armário, lençol pra pôr na cama, toalha pra tomar banho. ISSO é uma das coisas mais importantes da mudança, você já conseguir viver na casa, dormir na casa até o dia seguinte sem ter que ficar abrindo caixa pra procurar uma blusa. 

Claro, mudança é sempre um período e não acaba da noite pro dia, mas vc ter o básico funcionando na sua casa é fundamental.

No vídeo abaixo eu conto em detalhes como foi o antes, durante e o depois (que virá em um próximo post) da mudança!

Espero que vocês gostem!

Um beijo e até o próximo post com detalhes (olha o spoiler!) sobre o Marido que aluguei. hahaha