Um pouquinho de branding… o que é isso??

Bom, talvez vocês tenham visto que semana passada eu estava em São Paulo, no escritório do Google, no Café Itaú Mulheres Empreendedoras (Tema: branding) e vários ficaram se perguntando: mas que diabos é esse branding? Vou explicar…

google

Cada dia mais eu leio sobre esses assuntos de marketing. Afinal, como boa empreendedora que sou, além de saber sobre tudo relacionado à organização, eu tenho uma empresa, logo preciso saber sobre tudo relacionado à marketing, finanças, marcas, vendas, mídias sociais, email marketing, etc, etc, etc… (e eu poderia escrever mais umas 20 coisas que eu preciso conhecer rsrsrs).O branding nada mais é do que a gestão de marcas.

Muitas pessoas confundem o branding com apenas “a identidade visual da empresa”, mas vai muito além. O branding pode envolver a definição da missão e do propósito da sua marca, da sua plataforma, embalagens, etc…Resumindo rapidamente: define a alma da marca.

Em tudo que eu tenho lido ultimamente, nas palestras que tenho frequentado, enfim…sempre a palavra de ordem é: conteúdo! E conteúdo bom! Quando falo de conteúdo não é só “o post do blog”, mas o conteúdo como “alma”da empresa – por isso aquela bela definição ali em cima 😉

Tudo isso vai fazer com que você tenha o resultado final: vendas.

Muito se fala hoje em dia em branding, marketing digital, storytelling e etc… enfim, isso tudo é uma modernização das velhas técnicas de venda. As coisas mudaram e é claro que nós temos que acompanhar essas mudanças, precisamos nos adaptar.

Só tem uma coisa que não mudou e que não vai mudar nunca, na minha humilde opinião de empreendedora: de nada adianta gastar tempo e dinheiro com isso tudo se o que você oferece é algo ruim, mal feito ou que você sabe que não vai agradar o cliente.

Se você tem um produto ruim, não gaste tempo tentando aprender novas técnicas. Gaste tempo inventando um produto melhor. Aí sim, volte pra guerra! #ficadica