Veja o que aconteceu quando um casal decidiu parar de comprar coisas por 1 ano

Vi essa matéria na internet, da Revista Pais & Filhos e achei muito interessante.

Compartilho esse texto com vocês…

 

Scott e Gabby, do Tenessee, nos Estados Unidos, decidiram não comprar roupas, eletrônicos ou brinquedos durante um ano. A decisão foi tomada porque eles sentiram que tinham perdido contato com o que realmente importava. O desafio foi mantido em segredo dos seus filhos, Audrey, de 5 anos, e Jake, de 7 e o resultado foi surpreendente: nenhum dos dois notou a mudança, mas o tempo de qualidade que passam juntos aumentou.

O casal sentia que seus empregos corporativos e suas vidas agitadas levou a família a focar no que eles possuíam e em tudo que podiam comprar, em vez dos momentos juntos. “Nós notamos que tínhamos ficado presos num imenso círculo vicioso de ‘quanto mais, melhor’”, revelou Scott.

Em janeiro de 2013, o casal decidiu que eles só poderiam comprar itens essenciais, como comida e combustível. Ou seja, a família teve que se virar com o que já tinha, em vez de comprar coisas novas.Também concordaram que consertariam tudo o que quebrassem, a menos que fosse mais barato substituir. Um certo dia, a maleta de couro de Scott quebrou antes de uma viagem importante de negócios. Em vez de comprar uma nova, ele encontrou uma mala de rodinhas roxa no sótão e resolveu usar.

familia

Todos os presentes trocados entre os quatro deveriam ser em forma de doação ou experiência em família. No aniversário da filha, Audrey, eles passaram a noite em um hotel, paga com pontos de um programa de fidelidade. O aniversário do filho, Jake, foi comemorado em um jogo de hóquei, com ingressos doados por amigos da igreja.

Eles admitem que o ano foi “desafiador”, mas diz que a família não se arrepende. Ao questionarem seus filhos sobre algo de diferente no ano de 2013, o que responderam foi que passaram mais tempo vendo amigos e parentes. “Depois que o ano acabou, nós começamos a encarar as compras de um jeito diferente. Só vale a pena comprar o que realmente vai tornar a vida mais fácil e menos estressante”, afirmou Scott.